Tiras de Pota à Lagareiro



Habitualmente, quando faço tiras de pota, frito-as. Desta vez, porém, apeteceu-me qualquer coisa de diferente. Já tinha ouvido falar de tiras de pota à lagareiro e resolvi experimentar.

Numa palavra: delicioso!

Ingredientes
* 1 embalagem de saco de tiras de potas
* Batatas
* Dentes de alho
* Azeite
* Sal

Temperei as tiras de pota com sal e cozi as batatas em água e sal (embora pouco). Grelhei as tiras de pota e reservei; tirei as batatas, deixei arrefecer ligeiramente, após o que lhes dei um murro. Coloquei as batatas "esmurradas" num tabuleiro, salpiquei generosamente com sal grosso e dispus por cima vários dentes de alho cortados aos pedacinhos, com bastante azeite. Foi ao forno até ficarem assadas.

Depois das batatas assadas, dispus as tiras de pota por cima. Conhecendo o meu maridinho, ainda fiz mais azeite com alho frito à parte porque sei bem como ele gosta deste prato bem regado. Reguei as tiras de pota com o azeite e servi.

Ficou tão bom!

posted under , | 3 Comments

Pão Caseiro





Voltei a aventurar-me no mundo do pão. Sabem aquela necessidade de comer pãozinho quente, com a manteiguinha ainda a derreter e o cheirinho do pão quente a espalhar-se pela casa?

Ou era desejo de grávida ou era mesmo vontade de ir fazer pão lol.

Ingredientes
* 0,5 kg de farinha (usei Branca de Neve)
* 2 saquetas de fermento de padeiro (usei marca Vahiné)
* 1 colher de café de sal
* 300 ml água morna

Dissolvi o fermento na água; num alguidar misturei a farinha com o sal e juntei o fermento dissolvido. Amassei até ficar com a consistência da massa de pão.

Guardei em lugar seco durante uma hora, tapado com um pano, para que crescesse.

Ao fim dessa hora, moldei o pão e levei novamente a levedar por mais uma hora. Ao fim desse tempo, cozi no forno a 180º C por meia hora, sensivelmente.

A primeira fornada nem teve tempo de arrefecer, soube tão bem! Claro, depois tive de ir fazer outra para o dia seguinte lolol.

posted under | 4 Comments

Bolo de Gelatina




Um bolinho quentinho para o lanche, uma delícia! Assim que vi esta receita no blog da Kika Gula, soube que tinha de experimentar. E o cheirinho que ficou pela casa? Delícia!

Ingredientes
* 4 ovos
* 1 chávena de chá de açúcar
* 1 pacote de gelatina
* 2 dl natas
* 2 chávenas de chá de farinha com fermento

Bati os ovos com o açúcar e depois juntei a gelatina. Mexi muito bem, juntei uma chávena de farinha e as natas, após o que voltei a bater. Depois juntei o resto da farinha.

Foi ao forno em forma untada e polvilhada e levou cerca de meia hora a cozer.

Só usei um pacote de gelatina, mas para a próxima experimento os dois que a embalagem traz. Em termos de sabor, está lá e fica muito bom, mas em termos de cor... Ou então foi de ter escolhido a gelatina de tutti-frutti.

Seja como for, tenho de repetir, sem dúvida!

posted under | 5 Comments

Frango com Couve Portuguesa e Feijão Branco



Este não é decididamente um prato para se fazer quando se tem pressa, quanto mais não seja porque pede que o frango fique temperado de véspera. Mas é muito bom.

Ingredientes
* 1 frango partido aos bocados
* Couve portuguesa (pus a olho)
* 1 lata de feijão branco
* 6 dl vinho tinto
* Sal, pimenta e alho
* Louro
* Azeite
* 1 cebola

O frango ficou temperado de véspera com sal, pimenta preta, alho, louro e o vinho tinto. No dia, refoguei a cebola bem migada no azeite e juntei o frango, escorrido da marinada, até alourar. Pus a marinada e juntei o feijão, deixando tomar o gosto. Depois juntei as couves e deixei cozinhar.

Ficou muito bom, mas as couves eram rijas e o tacho ficou bastante tempo ao lume. Mesmo assim, gostei muito porque o vinho tinto deu um saborzinho especial ao cozinhado. Sem dúvida, a repetir, é delicioso!

posted under | 0 Comments

Pescada no Forno com Esparregado






A Luísa Alexandra lançou um desafio no seu blog para comemorar o quinto aniversário do seu blog e que me conduziu a esta receita. A receita original dela era esta:Pescada Gratinada com (e sem) Esparregado de Espinafres. 

Esta receita é adaptada da dela, porque quando dei conta estava "coxa" de alguns ingredientes.

Ingredientes
* Filetes de Pescada
* 4 dl natas
* Leite
* Sal, pimenta e noz-moscada
*  Batata palha
* 1 cenoura grande
* 1 embalagem de esparregado
* Azeitonas
* 1 colher de sobremesa de maisena
* Margarina

Cozi o peixe em água e sal; retirei-o, desfiei-o e reservei. Fiz o esparregado de acordo com as indicações da embalagem; ralei a cenoura. Levei um púcaro com leite ao lume, onde adicionei a margarina e a maisena, rectificando depois de sal, pimenta e noz-moscada. Deixei engrossar, retirei e reservei.

Numa travessa de ir ao forno, dispus primeiro o esparregado; em seguida, uma camada de batata palha. Numa tigela, misturei o peixe desfiado com a cenoura e envolvi alternadamente com as natas e a batata palha. Por fim, pus o bechamel que tinha feito e foi ao forno a gratinar.

Acompanhei com umas azeitonitas, que eu adoro ^^

posted under | 3 Comments

Bolo Decorado com Pasta Americana






Já há uns tempos que tinha enfiado na cabeça experimentar a pasta americana, mas como o tempo escasseava, ia adiando.

Como vinha aí um fim de semana prolongado, pensei: "É agora ou nunca". Ainda para mais no Halloween. Embora não goste de tradições importadas, sobretudo quando a sua história está tão adulterada e ainda por cima se negligencia a nossa própria tradição do "Pão por Deus", resolvi, em prol do meu filhote, tentar alinhar na tradição.

Então, lá fui eu comprar a pasta americana. E foi aí que começaram os problemas. Não havia na cor que eu queria (bourdeaux ou negro), e acabei por comprar nas cores amarela e vermelha, a pensar em abóboras. Pensei "logo junto as decorações com cortadores adequados à época". O pior é que os poucos cortadores que tinham eram caríssimos, o que me fez tirar dali o sentido.

Com a ideia do halloween a desvanecer-se do espírito, lá trouxe as coisas para casa e deitei mãos ao trabalho.

A receita do bolo de sumol tirei-a do blog da Kika Gula, mas fiz com sumol de ananás.

Ingredientes
-> Bolo
* 6 ovos
* 3 chávenas de chá açúcar
* 3 chávenas de chá farinha
* 1 chávena chá óleo
* 200 ml sumol ananás
* 1 colher chá fermento
-> Recheio
* Nutella
-> Cobertura
* Pasta americana amarela
* Pasta americana vermelha
* Açúcar impermeável

-> Bolo
Bati os ovos com o açúcar; acrescentei o óleo e o sumo. Mexi muito bem, até a massa borbulhar, acrescentei a farinha com o fermento e envolvi. Foi ao forno pré-aquecido em forma untada e polvilhada.

Deixei arrefecer completamente antes de desenformar. Depois recheei com o creme de nutella.

Comecei então a trabalhar a pasta americana. Envolvi as mãos, a bancada de pedra e o rolo de massa no açúcar impermeável. Depois trabalhei a pasta com as mãos até a tornar mais maleável (tipo plasticina) após o que a trabalhei com o rolo da massa até a tornar fininha. Depois foi só enrolá-la com o rolo e desenrolá-la em cima do bolo, ajeitando depois os contornos com as mãos. Fiz o mesmo para a outra pasta e cortei com os cortadores de bolachas que tinha à mão de semear.

Para fazer aderir a pasta à outra pasta, colei com um pouco de água e ficou fixo. Tinha lido em vários blogs que para fazer aderir a pasta americana ao bolo tinha de o barrar com doce de morango, nutella ou doce de ovos, ou outro doce pastoso qualquer, no entanto, na loja onde comprei a pasta desaconselharam vivamente e acabei por pôr a pasta directamente no bolo. Ficou bom em cima, mas dos lados não aderiu tão bem; não ficou solto mas também não ficou compacto.

Seja como for, fiquei com um bolo delicioso e digam lá que para primeira experiência até nem ficou nada mal!

Nota: a pasta que sobrou é reutilizável, desde que não vá ao frio, que a torna impossível de moldar. Depois de pronto, o bolo não pode ir ao frio senão não se consegue cortar como deve ser. Tem de ficar sempre à temperatura ambiente.

Mensagens mais recentes Mensagens antigas Página inicial
Com tecnologia do Blogger.

Mensagens populares

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Featured Posts

Followers

Contagem de Gulosos!

free web counter

Também estou aqui!

Top blogs de receitas
Ocorreu um erro neste dispositivo

About Me

A minha foto
Lisboa, Lisboa, Portugal
Olá! Sou uma orgulhosa mãe e esposa que descobriu recentemente que adora cozinhar. E lá vou eu para a cozinha fazer asneiras! Quando não estou com a mão na massa, estou a ler, a analisar, a observar. E como toda a gente, tenho a minha opinião.

Morto Para Te Ver

Morto Para Te Ver
Lançamento a dia 10 de Maio, conto convosco!

Traída

Traída
Já à venda! (Clique na imagem para o adquirir)

Premonições

Premonições
Colectânea em que participo com um conto meu. Mais do que um livro, são lições de vida!

    Follow by Email


Recent Comments