Gelado de Bolacha




Com o calor infernal que se fez sentir hoje, não resisti a um geladinho.

Tirei esta receita do Sabor Intenso e devo dizer que adorei, é muito saboroso.

Ingredientes
*  1 lata de leite condensado
* 4 dl de natas
* 10 bolachas esmagadas grosseiramente

Bate-se as natas em chantilly, junta-se o leite condensado, bate-se muito bem. Depois junta-se as bolachas esmagadas (pus dentro de um saco e passei-lhe com o rolo da massa por cima até ficar como eu queria).

Foi ao congelador numa caixa de gelado até ficar no ponto. Convém é tirar do congelador um bocado antes de se servir senão não se consegue fazer bolinhas, fica muito congelado.

posted under | 3 Comments

Bolo de Chocolate da Romy










O meu maridinho fez anos esta semana. Não anda com espírito muito festivo, mas lá aceitou que lhe fizesse um bolo de chocolate.

Andei à procura e encontrei aqui esta receita que me seduziu por ser diferente de tudo o que já tinha feito até aqui. A receita é da Romy, mas curiosamente não foi no blog dela que encontrei, e sim aqui.

Ele quis tudo o mais simples possível, por isso... simplifiquei.

Ingredientes
-> Massa
* 200 grs chocolate culinária em barra
* 200 grs manteiga
* 4 ovos
* 200 grs açúcar
* 190 grs farinha com fermento (pus 200)
* Umas gotas de essência de baunilha (não tinha, pus raspa de um limão)
-> Recheio
* 4 dl natas
* Açúcar a gosto
* Pepitas de chocolate

Derreti o chocolate com a manteiga em banho maria (bela altura para o meu microondas se avariar lol). Bati os ovos com o açúcar e a raspa de limão, após o que juntei o chocolate já derretido e a farinha.

Foi ao forno em forma untada e polvilhada. A Romy disse que bastava 30 minutos a 200º, mas no meu forno precisou de 40 para poder cozer no meio, senão ficava semi-cru. O resultado foi ter queimado ligeiramente em baixo, nada que não fosse aparado.

Para a decoração, bati as natas com açúcar, foi ao frio para ganhar consistência e depois foi só rechear.

Ficou muito bom, com um saborzinho a mousse muito simpático. Mas se calhar para a próxima junto mais um ovinho ou dois, achei que quatro era pouco.

Parabéns, marido!

Ameijoas à Bulhão Pato



Quem é que não gosta deste petisco, que lembra Verão, mar, sol, praia, cervejolas frescas?

Fiz este petisco hoje e marchou que foi uma beleza. Encontrei a receita no Sabor Intenso.

Ingredientes
* 1 kg de ameijoas
* 1 molho de coentros frescos (não tinha, usei coentros congelados)
* 4 dentes de alho (usei 6)
* 1 dl azeite
* 1 dl vinho branco
* Sal
* Limão
* Pimenta (não usei)

Deixei as ameijoas em água e sal durante duas horas; depois, descasquei os alhos e num tacho refoguei-os em azeite, após o que juntei o vinho branco. Como não tinha coentros frescos, usei dos congelados. Embora dê gosto, não dá tanto como se fossem frescos.

Após levantar fervura, juntei as ameijoas e deixei abrir, mexendo o tacho de vez em quando (não juntei pimenta).

Depois retirei as ameijoas para uma travessa e deixei apurar o molho por dois minutos. Reguei as ameijoas com o molho, cobri com molho de limão e voilá, um petisco delicioso e rápido!

posted under | 1 Comments

Espetadas Assadas no Forno com Vinho Tinto






Já tinha dito que adoro comida assada no forno. Desta vez fiz com vinho tinto porque tinha acabado o branco. E pensei, nalguma coisa há-de dar!

Ingredientes
* 8 espetadas
* Sal
* Alho
* Vinho tinto
* Louro
* Azeite
* Margarina
* Pimentão doce
* Salsa

Temperei as espetadas com sal, alho, louro e vinho tinto e deixei a marinar por duas horas. Depois, pus no tabuleiro, juntei um pouco mais de vinho tinto, polvilhei com salsa, juntei o azeite (fiz um pouco a olho, mas gosto de pôr sempre uma quantidade generosa) pus umas nozinhas de margarina e foi ao forno por uma hora.

Ficou uma delícia, a carne estava macia e muito saborosa. Servi com batata frita e fruta (laranja e kiwi).


posted under | 1 Comments

Molho de Mostarda



O meu marido não é grande apreciador de massas. Ou bem que são guisadas, ou bem que levam molho, ou bem que ficam no prato, lol.

Tem embirração especial pelo esparguete, porque diz que está a comer atacadores. Mas como eu gosto imenso de massas, de quando em vez faço mas acrescento um molho para que o rapaz coma e não refile.

Este molho é receita da minha mãe, que também o fazia - e para acompanhar o quê? Esparguete. Lá está.

Então aqui fica - e peço desculpa pela qualidade da fotografia mas não consegui melhor, o caroço do flash da máquina disparava sempre.

Ingredientes
* Leite
* Mostarda
* Vinho branco

Depois de se fritarem os bifes, aproveita-se a gordura que ficou na frigideira e junta o leite (fiz a olho), mexendo muito bem para misturar os dois. Em seguida, adiciona-se a mostarda (mais ou menos consoante seja mais ou menos forte, ou se pretenda o molho mais ou menos consistente) e ainda umas gotinhas de vinho branco para impedir que o molho coalhe.

Eu uso sempre mostarda "Savora", que é forte e consistente e faz um molho muito bom.

Aqui fica o resultado final.


posted under | 0 Comments

Molho Agridoce à moda da SarinhaT



Já tinha colocado aqui uma receita de molho agridoce, cuja origem vinha de uma "Teleculinárias". No entanto, ao passear pelo blog da SarinhaT No Conforto da Minha Cozinha encontrei esta receita que aqui coloco.

Obrigado pela partilha, SarinhaT!

Ingredientes
* 1 colher de sopa de óleo
* 2 colheres de sopa de ketchup
* 1 colher de chá de polpa de tomate
* 1 chávena e meia de água
* 1 colher de sopa de molho de soja
* 3 colheres de sopa de vinagre
* Sal qb
* 2 colheres de sopa de açúcar
* 1 colher e meia de farinha maisena
* Ananás (opcional)

Leva-se ao lume o óleo, ketchup e a polpa de tomate e mistura-se tudo. Junta-se uma chávena de água, o molho de soja, o vinagre, o sal e o açúcar e envolve-se muito bem.Dissolve-se a maisena na água que sobrou e adiciona-se, mexendo sempre até engrossar. Retira-se e deixa-se arrefecer.

Anda juntei o ananás partido aos bocados, conforme se pode ver aqui:


E o efeito final foi este, um belo chow mein de frango (desta vez sem legumes, porque não tinha) e um belíssimo molho agridoce!



Ainda adicionei umas rodelas de ananás cortada aos bocados porque adoro o agridoce com ananás.

Ficou muito bom e é sem dúvida a repetir.

posted under | 0 Comments

Açorda de Tomate e Bacalhau



Esta é uma variante à açorda que já tinha feito aqui, e isto porque detesto desperdiçar e tinha ali dez pãezinhos com dois dias que estavam mesmo a pedir um banhinho lol.

Fui criada na convicção que numa casa bem governada nada se desperdiça e tento aproveitar ao máximo esta convicção.

Ingredientes
* Pão velho (neste caso, eram bolinhas, mas habitualmente faço com pão de mistura)
* 400 grs bacalhau
* 1 lata tomate aos bocados pequena
* Coentros
* 1 cebola
* 4 dentes de alho
* Azeite

Cozi o bacalhau, após o que o desfiei e reservei; parti o pão aos bocados grosseiros e adicionei à água da cozedura (este pão não tem a consistência do pão de mistura, é pequeno e quase sem miolo, pelo que tive de deixar a açorda escorrer o excesso de água).

Num tacho, misturei o alho com a cebola e refoguei em azeite quente, após o que juntei o tomate e misturei tudo. Tirei o pão já escorrido e misturei, mexendo sempre. Juntei os coentros em abundância e voltei a mexer. Por fim adicionei o bacalhau desfiado e envolvi.

Mesmo sem o bacalhau, esta açorda pode servir de acompanhamento a um peixinho frito, por exemplo.

Ficou uma delícia e o que é melhor é que consegui aproveitar o pãozinho velho todo!

Pizza de Bacon, Fiambre, Ananás e Queijo



Mais uma vez aventurei-me no mundo das pizzas. E por pouco não ia parar à secção dos desastres culinários, por ter ficado tempo demais no forno! Mas não é que ficou bom??

A receita da massa da pizza tirei daqui.

Ingredientes
-> Massa
* 450 grs farinha de trigo
* 200 ml de água
* 15 grs fermento químico royal
* 1 colher de chá de sal
* 2 colheres de sopa de azeite

Amassei tudo, primeiro com a batedeira e depois com as mãos. Aqueci ligeiramente a água antes de a juntar à farinha.

Numa superfície enfarinhada, moldei com as mãos duas bolas de pizza, pus nos pratos de ir ao forno e pus no máximo por cinco minutos. Depois tirei e coloquei o recheio. Neste caso, como a ideia da pizza foi um bocado impulsiva, acabei por pôr o que tinha à mão.

-> Recheio
* 75 grs bacon
* 75 grs fiambre cortado aos cubos
* Queijo para gratinar
* Molho de tomate
* Ananás cortado aos bocados

Depois de recheada a pizza foi ao forno. Devia ter ido por 10 minutos, mas o meu garoto escolheu aquele momento para fazer asneiras e acabou por ficar quase vinte... Mas estava saborosa à mesma.

posted under | 2 Comments

Bolo de Iogurte e Chocolate




Já tinha colocado aqui a receita do bolo de iogurte. Hoje ia para fazer o bolo de iogurte, mas depois deu-me cá uma ideia e basicamente comecei a juntar ingredientes.

Delicioso!

Ingredientes
* 4 ovos
* 1 iogurte (usei de morango)
* 3 chávenas de chá de açúcar
* 3 chávenas de chá de farinha
* 1 chávena de chá de leite
* 1 chávena de chá de óleo
* Meia chávena de chá de chocolate em pó

Bati os ovos inteiros com o açúcar, juntei a farinha, o óleo e o leite. Quando a massa já borbulhava, retirei e dividi: metade para o iogurte, a outra metade para o chocolate. Voltei a bater e verti em camadas para a forma.

Foi ao forno a 180º C até ficar cozido.

Ficou muito bom!

posted under | 2 Comments

Gelado de Leite



Gosto imenso de gelados, mas cá em casa é uma coisa que pouco dura porque entre o filho e os pais, o gelado não tem tempo de derreter.

Lembrei-me de experimentar este. Encontrei a receita algures na net. Perdoem-me mas já não se de onde.

Ingredientes
* 2 dl leite
* 2 dl de natas
* 1 lata de leite condensado

Mistura-se o leite com o leite condensado na liquidificadora, mistura-se tudo muito bem e bate-se as natas em chantilly. Depois é só misturar tudo, verte-se para um recipiente e vai ao congelador.

Só tem uma coisa: quando se tira do congelador, é pedra pura. Tem de se deixar derreter um bocado. Apesar do calor, não consegui tirar uma bola de gelado normal e por pouco não partia a colher. Mas sabem que mais? Ficou delicioso! ^^

posted under | 1 Comments

Pescada com Natas Gratinada



Este prato nasceu do improviso. Tinha comprado uma pescada, mas a senhora tinha partido as postas de peixe quase tão grossas como se fossem para cozer. Confesso que peixe cozido, por si só, a mim não puxa carroças, então, a minha mãe sugeriu juntar umas quantas coisas. Este prato é dela, portanto =)

Ingredientes
* 8 postas de pescada
* 4 dl natas
* Leite
* Queijo para gratinar
* Batatas para fritar
* Sal e pimenta
* Margarina para untar

Cozi o peixe em água e sal; depois untei o tabuleiro com margarina e dispus as postas de pescada. À parte, enquanto o peixe cozia, fritei as batatas cortadas aos cubos, após o que dispus por cima do peixe e à volta. Numa tigela, juntei as natas e temperei de sal e pimenta. Depois verti por cima do preparado e ainda juntei um pouco de leite, muito pouco.

Por fim, dispus o queijo por cima e foi ao forno a gratinar.

Delicioso!

posted under | 3 Comments

Lombo de Porco Assado no Forno



Já deu para perceber que adoro comida assada no forno. Não só porque me liberta para outros afazeres, como o sabor é único.

Aqui há dias resolvi fazer um lombinho de forma diferente.

Ingredientes
* 1 lombo de porco com cerca de 1 kg
* Massa de alho
* Massa de pimentão
* Sal
* Louro
* Azeite
* Vinho branco
* Batatas para assar

Na véspera temperei o lombo com a massa de alho e de pimentão, reguei com o vinho branco e dispus o louro. Foi ao frio até ao dia seguinte. No dia, dispus azeite por cima, umas nozinhas de manteiga e ainda umas pedrinhas de sal. Parti as batatas aos bocados e coloquei-as no tabuleiro, na medida do possível. Foi ao forno a 180º C por uma hora.

Servi com arroz e batata assada. Ficou com um sabor completamente diferente do que é costume e tão tão bom!

posted under | 3 Comments

Pão de Mistura



Ando a namorar as máquinas de fazer pão, mas até hoje não tive a sorte de ter esta prenda. E para a quantidade de pão que cá em casa se consome, o melhor é abrir uma padaria lol.

Vi esta farinha à venda no Pingo Doce e resolvi trazer para experimentar. Fiz à mão e o resultado foi este. Era um cheirinho a pão pela casa...!

Ingredientes
* 1 embalagem de farinha de pão de mistura (0,5 kg)
* 300 ml água morna

Deitei a farinha para a taça da batedeira, com as varetas de ganchos, juntei a água tépida e misturei durante sete minutos na velocidade 15 até obter a massa lisa. Depois tapei a taça com um pano e deixei repousar em cima do fogão (tinha o forno ligado, portanto ali estava quentinho) durante 45 minutos.

Findo esse tempo, espalhei farinha em cima da bancada e dei forma ao pão, amassando um pouco. Pus no tabuleiro de ir ao forno, enfarinhando quer o tabuleiro quer o pão, fiz uns cortes à superfície do pão, voltei a tapar e aguardei uma hora. Depois foi ao forno por sensivelmente meia hora, pouco mais do que isso.

Parece complicado mas não é. A batedeira teve mais trabalho lol. Claro que com a máquina de fazer pão era um instante, punha-se os ingredientes na cuba da máquina e escolhia-se o programa.

posted under | 3 Comments

Pudim de Mel



Esta saiu na "Teleculinárias Gold", e fiquei logo curiosa por experimentar.

Ingredientes
* 6 ovos
* 1 lata de leite condensado
* 1,5 dl mel
* 1,5 dl leite
* Raspa de um limão
* Caramelo líquido para untar

Mistura-se tudo muito bem e vai ao forno em banho-maria em forma untada durante 50 minutos sensivelmente. Deixa-se arrefecer no banho-maria.

Fica com uma consistência diferente de qualquer outro pudim, e quanto a mim achei muito doce, mas o meu maridinho adorou e achou que estava perfeito.

A forma perfeita de passar um feriado.

posted under | 4 Comments
Mensagens mais recentes Mensagens antigas Página inicial
Com tecnologia do Blogger.

Mensagens populares

You can replace this text by going to "Layout" and then "Page Elements" section. Edit " About "

Featured Posts

Followers

Contagem de Gulosos!

free web counter

Também estou aqui!

Top blogs de receitas
Ocorreu um erro neste dispositivo

About Me

A minha foto
Lisboa, Lisboa, Portugal
Olá! Sou uma orgulhosa mãe e esposa que descobriu recentemente que adora cozinhar. E lá vou eu para a cozinha fazer asneiras! Quando não estou com a mão na massa, estou a ler, a analisar, a observar. E como toda a gente, tenho a minha opinião.

Morto Para Te Ver

Morto Para Te Ver
Lançamento a dia 10 de Maio, conto convosco!

Traída

Traída
Já à venda! (Clique na imagem para o adquirir)

Premonições

Premonições
Colectânea em que participo com um conto meu. Mais do que um livro, são lições de vida!

    Follow by Email


Recent Comments